Emergências ligue 0800 545 0000

Especialistas europeus e Concessionária Tamoios planejam operação dos futuros túneis do trecho de Serra

Autoridades participam de workshop organizado pela Concessionária

postado em 06 de agosto de 2019


Entre os dias 29 de julho e 02 de agosto, estiveram no Brasil representantes de importantes empresas internacionais em túneis, contratadas pela Concessionária Tamoios, para planejar conjuntamente com a Tamoios o funcionamento dos equipamentos de segurança e operação do novo trecho de serra da rodovia. O novo sistema viário contará com mais de 12 quilômetros de túneis e 2,5 quilômetros de viadutos.

A agenda dá início a um importante passo para o futuro da região.

 “Esse trabalho é fundamental, pois serão os maiores túneis rodoviários do Brasil, e precisamos trazer empresas especializadas que possam suprir a necessidade de nossa empresa no alto padrão que exigimos”, comenta Robinson Ávila, Responsável de Engenharia da Tamoios.

Wigando Schneider, Gerente de Operações da Tamoios, lembra que “os cenários estão sendo construídos com a ajuda dos consultores e estão sendo expostos às autoridades para permitir planejamento & treinamento de nosso pessoal e fornecer às autoridades informações preciosas para seus planejamentos estratégicos em termos de operação segura”.

Os engenheiros Marco Bettelini, suíço da empresa Amberg, e Han Admiral, holandês da empresa Enprodes, já trabalham nos projetos Tamoios há algum tempo e estiveram no Brasil para acompanhar as obras e trocar experiências com autoridades. Nessa empreitada, participaram o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Rodoviária e Artesp.

Marco comenta que “podemos notar motivação em todos os níveis, o que é muito importante, e nós trazemos experiência internacional para o projeto. É o ambiente perfeito para fazer um ótimo trabalho”. Han destaca um diferencial “é um projeto único para o Brasil e que está ampliando os limites do que é possível em condições extremas. Já temos um setor muito bom de Operação da Rodovia. Um dos nossos trabalhos será integrar esse trabalho com a operação dos túneis e com os serviços públicos de emergência para prover condições seguras para os usuários”.

Na terça-feira (30) foi realizada reunião na Artesp, para apresentação de dados gerais do projeto, conceitos, plano de trabalho, equipamentos, operação e análise de riscos. Na quarta-feira (31), a reunião ocorreu no Centro de Controle Operacional – CCO da Tamoios, com foco na Operação dos túneis, com diversos cenários de acidentes, atuação de cada instituição e funcionamento dos equipamentos de segurança. Foram apresentados os Sistemas de Ventilação, Iluminação, Comunicação, Monitoramento entre outros.

No dia 1º de agosto, as equipes visitaram as instalações do Corpo de Bombeiros de Caraguatatuba, para intercâmbio e análise dos equipamentos. No dia 02, a jornada foi encerrada na sede da Tamoios, para resumo, avaliação e definição das próximas etapas.

 

TECNOLOGIA E SISTEMA DE SEGURANÇA

De acordo com o planejamento, os túneis da nova serra da Tamoios serão 100% monitorados por câmeras e dispositivos que detectam qualquer tipo de ocorrência em tempo real. Se um veículo parar, houver animal na pista ou foco de incêndio, por exemplo, o sistema identifica automaticamente e inicia ações e alertas aos operadores da Concessionária.

A cada 200 ou 250 metros (dependendo do túnel), haverá passagem de segurança para um túnel de emergência (paralelo ao principal). Essas passagens serão pressurizadas, mantendo o local sempre seguro. Serão rotas de fuga bem sinalizadas, permitindo que o próprio usuário saia imediatamente de uma eventual situação de risco.

O sistema de ventilação dos túneis também é um dos itens de destaque. Os ventiladores autônomos poderão ser acionados para uma direção ou outra, em função da necessidade. O objetivo é prover espaços bem ventilados e com ar puro aos usuários.

Hidrantes com capacidade de 2 mil litros/minuto, mangueiras, drenagens de líquidos perigosos com capacidade de extinguir incêndio e telefones de emergência completam a lista de recursos que deverão compor os modernos túneis em construção.

A obra de duplicação foi projetada com mais de 12 quilômetros de túneis, tendo um deles 5,55 quilômetros ininterruptos, o maior do Brasil. O segundo maior túnel do Brasil também está nessa obra, com 3,67 quilômetros.

As obras e serviços oferecidos pela Concessionária Tamoios foram projetados para representar uma significativa mudança na mobilidade e na vida dos cerca de 25 milhões de usuários por ano que vivem, trabalham e usufruem do turismo na região.